Atelie Aletheia

Ocupação: “Inspiração artística e processos clínicos”

 

Processos individuais: a partir dos encontros semanais na clínica.

Processos grupais :a partir de   uma clínica encontrada nas fronteiras, fissuras do tempo.  

Processos presença: a partir do encontro performático do livro de vestir.

“Qual é a sua dor Doutor?”  

 

 A doença faz parte da saúde assim como a morte faz parte da vida. 

Qual é a sua dor? O que está lhe faltando?

A doença é compreendida na perspectiva desta clínica, como  um acontecimento que movimenta a ordem estabelecida da pessoa que é afetada, indicando a necessidade de uma mudança de foco e de atitude em relação a existência. Para isso, os sintomas, sinalizados muitas vezes pela dor, passam a ser transmissores de informações, pois no momento do seu aparecimento, interrompem o fluxo de uma vida atenta a uma certa direção e nos chamam radicalmente para uma mudança atenta a nova perspectiva.

As manifestações no corpo como a doença, o sofrimento psíquico e a dor, passam a ser telas de projeções que nos afetam e nos  convidam ao intensivo das  sensações. Suas imagens refletidas no corpo, sejam elas físicas ou psíquicas, podem acordar conteúdos emocionais e uma peculiar compreensão da existência daquele que está afetado. 

As mediações aos estados da arte, nessa perspectiva, são potencializadoras, pois aumentam as lentes dos sintomas e favorecem  por meio de sua “práxis”, a aproximação e descoberta da vida, nas camadas onde ela está prisioneira.     

A partir dessa premissa, o ateliê Aletheia, aproxima as imagens produzidas no entorno dos encontros vividos, tanto pelos pacientes que freqüentam o espaço clínico individualmente, como as pessoas que foram convidadas a compartilharem de maneira poética e imagética a sua história,  partindo de um corpo afetado pela dor.

 

Em exposição:

Os chamados incômodos:

 

Auto imagem, luto, angústia, ansiedade, síndrome de Hashimoto, tumor no intestino, stress, suicídio, fórceps no parto, hemorragia, abuso do feminino, depressão, stress, cistos recorrentes, melanoma, distrofia muscular, protrusão pré hérnia na coluna,  lordose acentuada, “síndrome do vira lata”, Labirintite, herpes, periodontia, infecção, vergonha, medo. 

     

E seus movimentos :

Escultura, cerâmica , instalação, fotografia, desenho, pintura, costuras, painéis, cantos, música instrumental, diários, testemunhos, poesia, vídeo, performance.