Coletivo de Umbigos I e II

(2017/2018)

Proposição: Pintura sobre fibra de vidro de  moldes de diferentes umbigos humanos.

O umbigo é o primeiro corte e a primeira cicatriz de todas as pessoas. Neste trabalho, a vontade dá artista foi chegar perto desse lugar em cada uma das pessoas que participaram da proposição; escutar o que tinham a  dizer sobre seu nascimento e o início da vida, e colocá-las em reconexão com memória desse acontecimento.

A proposição envolveu o molde de umbigos de 46 pessoas (de diferentes gêneros) convidadas para participar da trama que reuniria todos eles em uma mesma instalação. No final do processo, Audrey produziu o entrelaçamento de todos os diferentes umbigos em duas instalações.

 

Coletivo de Umbigos I tem uma interferência com gazes, uma costura de tramas de algodão, que são usadas como curativos para tratarem machucados, e foram pintadas com tinta a óleo.

 

Coletivo de Umbigos II é pintada com tinta acrílica sobre trama de fibra de vidro.