Umaeum (2009)

 

Instalação participativa realizada com os carimbos das mãos de um grupo de pessoas da comunidade do bairro Sumaré (na capital paulista), das digitais de duas mulheres, e com desenhos de esqueletos de sementes.

Quatro costuras de papéis com esses carimbos e desenhos foram feitas sobre painéis. A primeira costura, aplicada sobre madeira, consistia em desenhos dos carimbos das mãos das pessoas da comunidade do Sumaré; a segunda, feita sobre acetato, era formada por desenhos das digitais das duas mulheres; a terceira, realizada sobre cobre, era feita de desenhos de esqueletos de sementes; e a quarta, aplicada sobre dois painéis de cobre costurados um no outro, estava em branco e foi usada usada como espaço de intervenção, pelo espectador-participante, na exposição Força de atração, realizada no espaço Cultural Bahvna, em Salvador, Bahia, em 2010.

A instalação teve a colaboração da fotógrafa Leda Lucas, da designer e artista plástica Fernanda Castanho, do marceneiro Pedro Ranciaro e do artista plástico Jaime Prades.

Dimensão de cada peça: 170 x 54 cm